domingo, 3 de abril de 2011

Acerca do Correio Verde...

Anda-me a irritar profundamente esta história do Correio Verde.
Supostamente poupa-nos tempo e dinheiro, pois trata-se de um serviço pré-pago em que a entrega é prioritária.
Ora já não é a primeira nem a segunda que as minhas encomendas não chegam ao destinatário. E isto causa-me profunda indignação.
Primeiro podemos supor que o destinatário até pudesse receber a encomenda e, agindo de má fé, me diz o contrário, querendo assim um retorno dos produtos ou até do dinheiro. Mas aqui acreditamos na pessoa e essa hipótese está posta de lado.
Ora se o dito envelope não chega ao destino, nem é devolvido ao remetente, onde anda ele então?

Quando fiz uma troca (de vernizes) com uma amiga brasileira, fui atendida por uma senhora nos Ctts muito simpática que disse que o nosso serviço de Correios era o (ou um dos) melhores do mundo! Que o problema da entrega no Brasil dependia deles, pois da nossa parte era tudo muito rápido. Tal como quando eles enviam para nós, pode demorar imenso tempo a chegar à fronteira, mas assim que bate solo nacional, no dia seguinte a encomenda está em nossa casa. Posso até acreditar nisso, e quando se trata de correio REGISTADO até aceito com leveza!
Mas e quando o correio não é registado? Onde anda essa vossa rapidez do Correio Prioritário? A passear pelas vossas casas? Onde andam as MINHAS encomendas? Que não chegaram nem a minha casa, nem à casa da pessoa a quem eu enviei?

Se os Ctt facilitam um serviço de correio prioritário, que não necessita de registo, porque hei-de eu registar? Gastar mais dinheiro para que vocês cumpram o vosso trabalho? Assim sendo deveriam extinguir o correio normal (sem registo), já que isso não serve para nada, nem garante a vossa eficiência!
Ou seja o vosso profissionalismo SÓ DEPENDE do registo das cartas, caso contrário deixam de ser eficientes...
Muito bem!

Essa mesma senhora que diz que os nossos correios são os melhores do mundo (e lá explicou a história/teoria, que honestamente já foi pelo cano abaixo depois destas desilusões que se seguiram), também foi ela que não me aceitou uma reclamação por perda dos envelopes de Correio Verde. Segundo ela não há forma de encontra-los, porque são milhares de pacotes que os correios lidam diariamente...

Lá está! Sem palavras... O profissionalismo dos nossos serviços! Impecável!

EDIT:
Meninas, vocês entenderam mal!!
Eu estou a reclamar do serviço NACIONAL!
Para o Brasil eu não envio nada sem ser registado ;)

6 comentários:

Shinigami_U disse...

Eu trabalho num serviço de Lost Luggages de uma aero linha, e é impressionante quantas bagagens se perdem por aí. E cada vez que um passageiro tem de nos enviar documentos (para compensação e etc...) se eles quiserem mandar por correio, eu aviso sempre para mandar por correio registado, porque as cartas também se perdem como as malas, e ao menos se ele receber o aviso que a carta chegou aos nossos escritórios é sempre um descanso, porque muitas vezes "Nós" depois pedimos os documentos originais e se mandam por correio normal e a carta se perde baubau :/

http://shinigami-u-openingmymind.blogspot.com

Cathe disse...

Sinceramente ela não te podia recusar a fazeres a reclamação, isso é anti-ético, ela tinha de te dar o livro de reclamações ponto.
Para ela não a afecta, visto que não foi ela que saiu prejudicada, eu se fosse a ti não deixava isto assim, e voltava lá para reclamar, porque se ninguém reclamar e eles derem sempre a mesma desculpa as encomendas vão continuar a ser tratadas à balda... As que chegam óptimo as que não chegam azar... Mas não é bem assim...

Usado Reciclado disse...

Oi, se escreveste os teus dados no remetente a obrigação dos ctt é remeterem o "extravio" para ti. Ora, sendo um envio para outro país eles perdem a ligação com a correspondência assim que a delegam a outos.
Das centenas de encomendas que envio atraves do meu blogg (http://reciclaeusa.blogspot.com) e algumas até volumosas, ainda não se perdeu nenhuma...mas sei que é uma sorte.
Já detectei também que, quanto mais bonito é o envelope ou embrulho maior é a tentação nos ctt nacionais e não só. Agora opto por fazer embrulhos feiosos mesmo (reutilizo embalagens etc e resulta!)
Os correios de outros países também sofrem tentações...
De qualquer das formas podes fazer o que sempre resulta: reclamação por escrito para a central dos ctt. Aí tem que haver mesmo resposta.
Boas trocas :-)

Sabrinas e Pó de Arroz disse...

Olá,
realmente, a senhora dos correios não devia (nem podia) ter recusado aceitar a tua reclamação. Mas, sem querer defendê-la, se a troca foi internacional, com o Brasil, o problema não foi dos nossos correios, mas dos correios brasileiros. Já fiz muitas trocas com o Brasil e apenas uma se extraviou, por sinal a única que não foi registada. Os correios brasileiros são famosos por esses desaparecimentos misteriosos de encomendas não registadas. Infelizmente, sem registo é impossível saber onde pára a encomenda, e normalmente não tem a ver com atrasos, mas sim com "extravios" por parte dos funcionários brasileiros. E, apesar de todas as reclamações apresentadas no Brasil por parte da pessoa que iria receber o embrulho, este nunca mais deu sinal de vida. É lamentável, mas acontece... quase sempre em envios para o Brasil não registados. Por via das dúvidas, nunca mais enviei nada sem registo. Assim sei sempre donde está o meu envio.
bjos

Gatinha disse...

Opah, eu, em envios para o Brasil, já n digo anda. A última encomenda que enviei para o Brasil, registada, qd finalmente apareceu na casa dos destinatários, ia aberta, e faltavam metade das coisas :P
Brasil, nunca mais!
*

Gatinha disse...

Sílvia, mm em correio nacional, nunca envio nada (a não ser que seja algo sem valor nenhum) sem ser registado. Já aprendi a lição há uns anos...
*