quarta-feira, 26 de maio de 2010

É oficial...

... sou pobre!
:(

E noto isso quando...
... estou as últimas 2 semanas do mês a comer arroz/massa com atum/salsichas.
...vou ao cinema de 3 em 3 meses.
... evito sair à noite, quando o faço tomo apenas 1 café ou 1 água e nunca vou a bares/discotecas porque a entrada já me sai do orçamento.
... trabalho numa loja de roupa que tem coisas super baratas, tenho desconto de 25% de funcionária e, mesmo assim, só compro uma peça ou outra nos saldos.
... não vou a casa visitar os pais porque o dinheiro da gasolina/bilhete de comboio, podem fazer falta para comer o resto do mês.
... só uso maquilhagem essence, chineses, ou oriflame (com os descontos), porque pra mim é-me impossível comprar 1 sombra da mac (por exemplo) que custa o mesmo que uma semana de comida.
... vou a uma entrevista de emprego e choro mais por ter gasto tanto dinheiro em deslocações do que pelo facto de não ter sido seleccionada.

... estou desde Dezembro sem comprar os medicamentos que preciso porque custam pra cima de 100€ cada.

Enfim, desculpem o desabafo.
Mas estou farta desta crise!!!!
Estou farta de não poder fazer uma RA com mais legumes e verduras e, por causa disso, a balança não mexe há mais de um mês :(
Que nervos!!

10 comentários:

*As Cores da Vida* disse...

Como eu te entendo mas eu estou sem trabalho e tb ainda vivo na casa dos meus pais ... mas tb poupo bastante,abdico de muita coisa p poder ajudar em casa com comida e assim , pq senao nem me sentia bem ..e tb nada lhes peço ... vida dificil mas dias melhores virao , vamos acreditar linda ** nao deixes de procurar trabalho tb linda... um grd beijinho ***

Cris disse...

Minha querida, não desesperes. por xs a vida torna-se madrasta em certas alturas da nossa vida.
Como eu costumo dizer, é preciso € para fazer R.A, pois as coisas saudaveis, são muito mais caras, infelizmente.

Quanto à tua medicação... não sei que tipo precisas, mas concerteza, que não podes estar sem ela. Eu não posso viver sem 1 comprimido diário para a Tiroide, é para o fim da vida, e nem sequer consigo imaginar, não ter € para o comprar.

Querida, não tenho muito, mas se precisares de mim.. Uma ajuda, nem que seja só para compras a tua medicação. Segue o meu email: ana.2006.cristina@hotmail.com.

1 Beijo querida, e tem FÈ!!! As coisas vão melhor de certeza.

P.S. A tua medicação não é comparticipada pelo estado???

Style&Stuff disse...

às vezes nem tudo é fácil, e parece que no teu caso está difícil.. não é? Só posso desejar-te muita força para lutares, continua a procurar um trabalho melhor e não desistas! Só se consegue o que se quer com muito esforço... e olha que eu sei o que isso é!

Kiss*

Style&Stuff disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
silvia disse...

olá meninas :)
Obrigada pelo carinho!
Eu, apesar de tudo, estou bem!
Há dias mais difíceis que outros, mas vou-me aguentando :)
Estou muito desejosa para encontrar um emprego melhor, ou outro para conciliar com este, porque preciso de estar mais aliviada de preocupações e um pouco mais folgada monetariamente.
é horrível andar a contar os tostões até ao final do mês...
:/
Pff.
Mas melhores dias hão-de vir ;)

Beijinho a todas!

P.s - Cris, obrigada querida!
Eu também tomo medicação para a tiróide diariamente, mas isso são só 5€!
Quanto ao resto, faz falta, mas sobrevivo ;)
Obrigada!

MissTee disse...

Eu posso identificar-me parcialmente contigo. apesar de ser estudante e viver agora com os meus pais, já vivi sozinha noutra cidade durante 2 anos. Em termos monetários era horrivel, porque eu sempre fui 'mimadinha' e nunca dei o valor às coisas e ao dinheiro. Nunca pensei que fosse tão complicado geri-lo! Havia muitas vezes que eu so conseguia almoçar porque a senha custava 2euros. Pior mesmo era ver a minha companheira de quarto gastar fortunas em roupa e eu sempre com os mesmos trapos durante o ano inteiro :( além de ouvir bocas por não sair à noite. Custava-me pedir dinheiro aos meus pais para essas futilidades, quando sabia que eles não podiam dar mais! Enfim, acabei por desistir do curso e voltei para a casa dos meus pais. Agora as coisas estão melhores, porque estou numa faculdade perto de casa (apesar de a odiar). Vou fazendo uns trabalhos temporarios durante o fim de semana, so para não ter que lhes pedir mais dinheiro.

Apesar de tudo foi uma lição de vida e acredito que para ti tambem esteja a ser! o que não nos mata torna-nos mais fortes, lembra-te disto quando estiveres mais em baixo :) continua a tentar, nunca desistas porque eu acredito que quando menos esperares vais ter uma grande recompensa :D

beijinhos

MissTee disse...

wow que testamento :X escrevi demais! sorry ^^'

O meu estranho planeta... disse...

Querida eu compreendo-te mas tens de pensar que melhores dias virão... Não ter dinheiro é lixado mesmo (para não dizer f...) Mas temos de acreditar =) Beijinhos grandes e força

silvia disse...

* Olá Miss Tee :) Não escreveste nada demasiado, que tonta! :D
Gosto sempre de ler os comentários todos com atenção! Eu também sou pessoa de muitas palavras :)
Mas olha, entendo perfeitamente o que passaste. Apesar de não estar a estudar, vim para esta cidade com esse intuito, mas comecei a trabalhar em part time, conciliava com os estudos (mestrado porque já sou licenciada), depois deixei de ter bolsa, e ficou impossível pagar propinas e... enfim. Para não voltar para a "aldeia" para ao pé dos pais, vou ficando por cá, até que me apareça algo melhor!
É uma grande lição de vida, podes crer!
Obrigada pelo carinho :)
Beijinho!

Lili Bolero disse...

Silvia, acho que sei como vc se sente. Já passei uma fase assim, na verdade quase um ano. Meu pai ainda dizia que era eu quem não queria trabalhar. Graças a uma amiga que sempre me dava força eu consegui sobreviver a esses dias sombrios. Tenha fé que você vai encontrar um emprego do jeitinho que vc procura. Tem que acreditar e imaginar que já o encontrou. Beijokas.