terça-feira, 21 de setembro de 2010

... para responder aos comentários!

Olá meus amores!

Venho aqui agradecer os comentários e fazer este post para alguns esclarecimentos.

Relativamente ao post das unhas:
Obrigada pelas dicas e sugestões. Eu realmente, confesso, ando tão viciada em vernizes que, tenho perfeita noção, que isso não deve ser lá muito bom para a saúde delas! Deveria dar um intervalo de uns dias e usar muito hidratante. E não tenho o hábito de as lixar com aquelas "buffers", não sei o nome em português... Aquelas limas que têm 4 lados, sabem? Porque se eu passar a vida a lixá-las também ficam finas, acho eu, sei lá! Sou uma naba nestas coisas, nunca fui à manicure!

Eu dantes só gostava de vernizes vermelhos ou beje, agora sou uma consumista e gosto de tudo... Nesses tempos passava meses a dar descanso a elas e deixá-las arejar... Agora mudo de verniz quase 3 vezes por semana.
Bem, whatever!

:)

Em relação ao post da balança!
Eu já ando nestas andanças (estica-encolhe) há quase 20 anos... é verdade... tenho muita tendência a engordar, alguns problemas de saúde, já fiz muitas dietas (nenhuma maluca, daquelas "normais"!), mas quando termino recupero o peso todo...
Quando criei este blog há uns meses atrás, descobri todo um mundo de meninas que vinham aqui desabafar e praticar RA com a ajuda de outras meninas, organizavam desafios, estimulavam-se umas às outras e eu decidi que queria o mesmo para mim.
Neste momento criei o meu desafio:
http://desafiohalloween.blogspot.com/
para que outras pessoas estejam comigo e tenham o mesmo sucesso.
O que lá é demonstrado é o que eu faço, reeducação alimentar. Tomo consciência de cada garfada que meto à boca, penso muito se preciso de engolir mais aquele alimento, se já estou cheia.
Ou seja, é um processo DOLOROSO!!! Custa muito, tem dias que como compulsivamente, porque chega a um ponto que é difícil...
A minha relação com a comida é uma relação muito psicológica e emocional, para mim não é apenas comida... ela é a forma que eu encontrei  (inconscientemente) para me consolar das lacunas e falhas que tenho na minha vida. Engordei a partir dos 10 anos quando morreu o meu pai e, desde aí, nunca mais consegui ser magra. Foi uma fase muito dolorosa e, ainda hoje, a minha família vive sérios dramas e problemas graves uns com os outros devido ao que aconteceu.
Tudo isso se foi transformando numa bola de neve.
É lógico que os problemas não foram resolvidos com o passar do tempo, mas com a idade, comecei a ganhar consciência de que teria que ver a comida de outra forma. Olhar para ela e dizer: "Não és tu que me vais fazer feliz"
Mas às vezes é...

Enfim, aqui ficou o desabafo, espero não vos maçar muito!
Beijoca

3 comentários:

olivia disse...

Olá, Sílvia!
Comecei hoje a seguir o teu blog mas já cá tinha "espreitado" :)
Como eu te compreendo..Nunca fui de peso muito estável mas tava mais ou menos, mas há 2 anos atrás decidi praticar uma modalidade que nunca devia ter feito se não fosse para continuar sp- spinning!perdi peso que nem uma doida mas tive que desistir devido a incompatibilidade de horário e o resultado?14 kilos em cima :(
Desde Março iniciei um regime de emagrecimento com acompanhamento e perdi os 14 kilos, com muito esforço e agora o meu exercício será sempre: caminhada, seja verão ou inverno e control da boca (nem sempre possível). Qdo ando mais desanimada surgem os deslizes mas depois lá compenso no dia seguinte...mas estamos na mesma luta...por isso, muita força, nós conseguimos!
beijinhos
Olívia

silvia disse...

Olá Olívia!
Fiquei contente por vires aqui partilhar comigo a tua história.
Por acaso tive uma fase de ginásio e emagreci bastante, quase 20kg, mas depois veio outra fase complicada e acabei por recuperar...
Agora é tudo mais consciente e mais metódico. Sempre que há exageros, lá tenho que cortar mais nos dias seguintes ;)
Mas sim, nós conseguimos!!!
beijinho, muita força para ti também!

O meu estranho planeta... disse...

A comida também funciona assim para mim: aliada/inimiga.... enfim, é uma luta que teremos de travar mas sabes? vamos ganhá-la! :) Beijinhos Beijinhos